Livros

3 sagas literárias que você precisa ler

Hoje, 23, é dia do livro, então em homenagem aos nossos queridos eu resolvi fazer um top 3 sagas literárias que não são tão conhecidas, mas são muito boas

3. A Descoberta das Bruxas

A Descoberta das Bruxas – A professora Diana Bishop foi convencida pelo medo de que é melhor ser humana do que bruxa. Mas quando descobre um antigo manuscrito com a origem de espécies sobrenaturais, fica muito próxima do mundo do qual sempre fugiu.
Demônios e vampiros passam a cruzar seu caminho, e o instinto de sobrevivência dessas criaturas faz Diana ser uma presa vulnerável.
Até que ela seja capaz de dominar os próprios dons e usar seus poderes.
livro_DescobertaBruxas

Bom, pra começo de conversa, a saga é meio adulta e bem cansativa de se ler, tem cenas extensas e um pouco desnecessárias mas também é bem legal a mudança do cenário juvenil para um cenário mais adulto. Essa transição mostra que bruxas não são apenas histórias de criança.

2. A Trilogia do Mago Negro

Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade dos pedintes, criminosos e vagabundos. Mestres das disciplinas de magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam.
Enquanto a multidão é expurgada da cidade, uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades a sua família e amigos, atira uma pedra ao escudo protetor, colocando nisso toda a raiva que sente. Para o espanto de todos que testemunham a ação, a pedra atravessa sem dificuldades a barreira e deixa um dos mágicos inconsciente.
Trata-se de um ato inconcebível, e o maior medo da Clã de repente se concretiza: uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle e destruam a todos.
Download-A-Aprendiz-A-Trilogia-Do-Mago-Negro-vol-2-Trudi-Canavan-em-ePUB-mobi-e-PDF1

O que mais me atraiu nesse livro foi a critica social com pessoas da favela, a minoria e a diferença social. O preconceito é um ponto muito forte, é o tipo de livro que te traz uma mensagem e te entretém ao mesmo tempo.

3. A Crônica dos Conjuradores

Ethan Carter Wate é um cidadão da pacata cidadezinha de Gatlin. Passou sua vida toda, assim como toda a família Wate, na mesma cidade e anseia pela chance de entrar em uma faculdade bem longe de lá e conhecer o mundo. O livro inicia-se no primeiro dia de aula, no qual Ethan introduz o leitor ao universo da pequena cidade: cheia de preconceitos, igrejas, livros proibidos, e também é mencionado o senhor Macon Ravenwood – o recluso da cidade.

Porém tudo muda quando a sobrinha de Macon Ravenwood resolve aparecer na Escola. Mística, diferente, e acima de tudo bonita, Lena Duchannes consegue fazer com que Ethan interesse-se nela de uma forma que não sabia que era capaz de sentir. Porém, Ethan está dividido: Aparentemente toda a cidade tem sentimentos de ódio e raiva pela família Ravenwood – e tornam Lena seu novo alvo. Ethan ainda não está decidido se deve mudar completamente a vida construída para ele ou se deve se aventurar pela misteriosa Lena Duchannes.
tumblr_n0u9niU6VF1tses25o1_500

Bom, apesar de ter lançado  um filme baseado no livro, o livro por si próprio não é conhecido e não tem muito fãs.
A história é bem interessante também e é bem diferente do que se vê, totalmente original e os personagens são bem cativantes.
fonte  fonte  fonte

Querem acompanhar o conteúdo do blog? Então fique de olhos nas minhas redes sociais  Facebook  Twitter  Instagram

 

Lucas, 18 anos. Altos níveis de déficit de atenção e imaginação. Fã de literatura fantástica, café e frio (: Pretende escrever um livro e morar em NYC

Leave a Reply